segunda-feira, 27 de abril de 2009

Palestra sobre o Autismo


No próximo dia 29 de Abril, irá realizar-se uma palestra, na ACIRO - Torres Vedras, pelas 10h30.


Esta palestra será presidida pela escritora Ana Martins e pela Psicóloga e Coordenadora da A.P.E.C.I. (Associação Para a Educação de Crianças Inadaptadas), Dra Margarida Velasco.


A palestra intitula-se "Autismo - Portas para Outro Mundo" e faz parte do nosso projecto de Área de Projecto - Biologia.


Tem como objectivo dar a conhecer um pouco mais sobre o Mundo do Autismo e tudo o que ele abrange.


Esperemos que goste, que seja útil e que desfrute ao máximo!!




Contamos com a Sua presença.




Obrigada

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Um caso verídico de Autismo ("Um Amigo Chamado Henry") escrito por Nuala Gardner


Nuala Gardner escreveu um livro sobre o autismo severo que afectava o seu filho e a forma como um cão fez mais por ele do que os médicos ou ela própria. O livro intitula-se "Um amigo chamado Henry".
Nuala Gardner descobriu que Dale era autista quando ele teve um ataque de fúria com dois anos, assustado com o Pai Natal, embora esta doença só tenha sido confirmada dois anos mais tarde pelos médicos.
Assim que Henry (o cão) chegou à família, a dinâmica desta melhorou bastante e Dale sentia-se feliz.
Logo no dia seguinte à chegada de Henry, os pais notaram que o seu vocabulário tinha melhorado e que nessa mesma noite Dale nem tinha dormido no meio dele, aperceberam-se então que Henry o tranquilizava.
Passados alguns meses os pais de Dale notavam que o filho fazia tudo o que Henry queria, e passaram a utilizar o cão como elo de ligação entre eles e o filho.
Três anos mais tarde, Dale já interagia directamente com eles, não necessitando tanto da ajuda do cão.
Quando Dale foi para a escola, o cão ajudou-o bastante nessa transcrição, tendo sido permitido que Henry o visitasse. Actualmente Dale encontra-se na Faculdade a obter qualificações como educador de infância, trabalhando especialmente com crianças autistas, e demonstrando bastante paciência e compreensão.
Inclusivamente o último capítulo deste livro foi escrito por Dale, para que as pessoas percebam o que sentem as pessoas autistas.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Características do Autismo

Fonte: http://bp3.blogger.com/_d5poTy5pSSw/RnH_RVIXpxI/AAAAAAAAACA/ZW-w7F9tKIE/s1600-h/480.jpg

Dificuldade na interacção social:


•Dificuldade acentuada no uso de comportamentos não-verbais (contacto visual, expressão facial, gestos);
•Dificuldade em fazer amigos;
•Apresenta dificuldade em compartilhar suas emoções;
•Dificuldade em demonstrar reciprocidade social ou emocional.


Dificuldade na comunicação:


•Atraso ou falta de linguagem verbal;
•Para aqueles onde a fala é presente, verifica-se uma grande dificuldade em iniciar ou manter uma conversa;
•Uso estereotipado e repetitivo da linguagem;
•Falta ou dificuldade em brincadeiras de "faz de conta".





O que é o Autismo ?

O autismo é uma anomalia do desenvolvimento das funções do cérebro, que persiste durante toda a vida.

Podemos também caracterizá-lo como uma anormalidade grave que se caracteriza por severos problemas ao nível da comunicação e do comportamento, e por uma grande incapacidade em relacionar-se com as pessoas de uma forma normal.



O autismo é mais conhecido como um problema que se manifesta por um alheamento da criança ou adulto acerca do seu mundo exterior encontrando-se centrado em si mesmo, ou seja, existem perturbações das relações afectivas com o meio.

A maioria das crianças não fala e, quando falam, é comum a ecolalia (repetição de sons ou palavras), inversão pronominal etc..

O comportamento delas é constituido por actos repetitivos e estereotipados; não suportam mudanças de ambiente e preferem um contexto inanimado.






Quem Somos...


Somos alunas do 12.º ano da Escola Secundária C/ 3º Ciclo de Henriques Nogueira - Torres Vedras.
Este blog sobre o Autismo está a ser criado no âmbito da Área Curricular de Área de Projecto no qual pretendemos dar a conhecer um pouco mais sobre o tema.


Temos como principais objectivos:

• Quais as características deste distúrbio mental;
• Investigar se existe alguma ligação genética relativa a esta doença;
• Averiguar a parte científica do distúrbio;
• Saber se é possível evitar ou atenuar este distúrbio mental;
• Dar a conhecer em que consiste a sala de TEACCH (Tratamento e Educação de Crianças Autistas e com Perturbações da Comunicação);
• Que tratamentos são realizados nesta sala;
• Que trabalhos são efectuados na sala de TEACCH e com que finalidades;
• Dar a conhecer um plano de trabalho executado pelos Autistas;
• Transmitir alguns conselhos para pais e profissionais que trabalham com os Autistas no dia-a-dia.